Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Caminho

Sábado, 24.09.05
tenho sonhos crúeis,na alma doente.

Sinto um vago receio prematuro.
Vou a medo na aresta do futuro,
Embebido em saudades do presente...

Saudades desta dor que vão procuro
Do peito afungentar bem rudemente,
Devendo,ao desmaiar sobre o poente,
Cobrir-me o coração dum véu escuro!...

Porque a dor, esta falta de harmonia,
Toda a luz desgrenhada que alumia
As almas doidamente, o céu de agora,

Sem ela o coração é quase nada:
Um sol onde expirasse a madrugada,
Porque é só madrugada quando chora.

II
Encontraste-me um dia no caminho
Em procura d equê, nem eu seo sei.
_Bom dia, companheiro - te saudei,
Que a jornada é maior indo sozinho.

É longe, é muito longe, há muito espinho!
Paraste a repousar, eu a descansei...
Na venda em que poisei,
Bebemos cada um o seu vinho.

É no monte escabroso solitário.
Corta os pés como a rocha dum calvário,
E queima como a areia!...Foi no entanto

Que chorámos a dor de cada um...
E o vinho em que choraste era comum:
Tivemos de beber do mesmo pranto.

III

Fez - nos bem, muito bem esta demora:
Enrijou a coragem fatigada...
Eis os nossos bordois da caminhada,
Vai já rompendo o sol, da caminhada.

Este vinho, mais virgem do que a aurora,
Tão virgem não temos na jornada...
Enchamos as cabaças: pela estrada,
Daqui inda este néctar revigora!...

Cada um por seu lado!... Eu vou sozinho,
Eu quero arrostar só todo o caminho,
Eu posso resistir à grande calma!...

Deixai - me chorar mais e beber mais,
Perseguir doidamente os meus ideais,
E ter fé e sonhar - encher a alma.


Camilo Pessanha

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não és tu

Quinta-feira, 22.09.05
No meio do silêncio de palavras
não és tu e não pertences aqui.
Estás no espaço, flutuas,como anjo
tomas conta de mim.
Não ouves o que a minha boca diz,
o que te contam meus olhos.
Não és tu e não sou eu

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 18:54

...

Quinta-feira, 22.09.05
View image

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 13:41

...

Quinta-feira, 22.09.05
Quero chorar o silêncio
ter o momento só para mim
Quero pintar o sonho, com as tintas da imaginação
pintar o colorido eu quero;

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 12:53

Setembro

Quarta-feira, 21.09.05
Setembro a lua brinca no meu caminho, a alegria deu lugar à tristeza, as lágrimas caem dos meus olhos, como estrelas sem brilho,mas a alma canta o momento do amor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 00:19

...

Sexta-feira, 16.09.05
shasta2.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 18:43

Viagem

Sexta-feira, 16.09.05
Mais uma viagem.A escrita assim como a leitura estão a atormentar-me o espírito, tenho a cabeça noutro sitio qualquer. A mocinha está com medo,de quê não faço a minima ideia,ou talvez faça, é mais uma alma à procura de um refúgio e do seu momento de exaltação. O nosso momento, tantas coisas desconhecidas. Sentir o quebrar da alma dentro de mim, como se o mundo desabasse e eu percebesse a finalidade de todas as guerras da humanidade, mas o dogma continua escondido na parte superior da minha mente.
Tantas caras desconhecidas, porém todas iguais.
As dificuldaddes estão apenas dentro de nós, o pensamento segue e as nossas memórias vão-se adensando como se fizessem parte de um todo. Vivo aqui e ali, dentro e fora no deserto e no mar. Todos temos as nossas manias, umas mais visíveis que outras, um dogma será esta sociedade de religiões e fronteiras movediças e porventura de altas economias cujas valências se reflectem no principio da própria humanidade. O comboio descreve mais uma curva e eu vou reflectindo também, nestes meus pensamentos trôpegos e de caminho adiado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 18:29

Carta

Quarta-feira, 14.09.05
Carta na palma das mãos;e ficar nos teus dedos um só instante, com a ternura do teu olhar. Estás na viagem comigo e o sol brinca, com o meu cabelo penso em ti.O calor na imensidão da planicie e o sorriso da nossa paixão.
Há tanto tempo que grito por ti e agora quero fugir,mas ao mesmo tempo, ter-te só para mim; percebes este paradoxo?claro que não, sou eu, sou eu. O sorriso mantem-se mesmo no olhar, e sou olhada pelos vizinhos da frente como deusa, engraçado mas desconfortável. O comboio vai devagar, tantas faces diferentes! És tu mesmo como eu juntos e separados, o pensamento não para, continua numa encruzilhada. A tua música está dentro de mim como sinfonia, canta para mim amor e verás a suavidade da nossa canção. Estou presa no mar da incerteza, e continuo parada quando queria era voar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 16:20

sensação

Segunda-feira, 12.09.05
Imagem(26).jpg
Tudo o que sinto,não sinto
Aqui e ali,dentro e fora.
Porto Santo e sabor a mar.
O coelhinho que se mostra para mim todos os dias.
A ave que todas as manhãs, me acorda com seu chilrear são talvez, os sinais que preciso para fazer o meu paraiso,pelo menos durante algum tempo.
Tempo para ti,para mim,para nós dois. Tempo sem tempo; é como gritar sem voz, só a alma grita, louca de sentimentos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 00:51

...

Segunda-feira, 12.09.05
No silêncio
O som da tua voz
musica suave para,minha alma que sorri.
Divina essência essa doçura, que emana de ti
fazendo parar o caos que é a minha vida.
Onde estão meus versos,onde estão os teus?
No riso das estrelas,na imensidão do mar.
No teu olhar que não vejo,mas que encontro a cada passo que dou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria às 00:27


Pág. 1/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2005

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930